Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cavaco: "O que é que andaram a fazer os accionistas e os gestores" da PT?

O Presidente da República defende que o importante é evitar "o desmembramento" da Portugal Telecom.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 10 de Novembro de 2014 às 16:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • 88
  • ...

O Presidente da República acredita que há uma pergunta em relação à Portugal Telecom que é legítimo fazer e que todos os portugueses "têm o direito" de colocar.

 

"O que é que andaram a fazer os accionistas e os gestores desta empresa?", questionou-se Cavaco Silva aos jornalistas, na sua visita ao Alentejo esta segunda-feira, 10 de Novembro, dizendo que é "legítimo" que "todos os portugueses" façam esta pergunta.

 

A PT SGPS entrou num processo de fusão com a Oi, sendo que os activos (a PT Portugal, onde se inserem os serviços Meo) estão já integrados na empresa brasileira. A dívida não reembolsada da Rioforte, no valor de quase 900 milhões de euros, acabou por ditar que apenas houvesse uma combinação de negócios entre a PT e a Oi. E, neste momento, a PT Portugal poderá ser vendida, havendo já um interessado com uma proposta em cima da mesa: a Altice. Por sua vez, a PT SGPS, que é apenas accionista da Oi e já sem qualquer actividade operacional, foi alvo de uma oferta pública de aquisição por Isabel dos Santos.

 

Cavaco Silva não quis comentar esta operação: "O Presidente da República não deve comentar intenções de negócios privados que foram anunciados há poucas horas".

 

"O que espero e penso é que o melhor que podia acontecer a Portugal é que se evite o desmembramento da empresa", afirmou o Chefe de Estado, dizendo que, antes de chegar a Belém, escreveu sobre os custos que trazia para Portugal a transferência de activos nacionais para o estrangeiro.

Ver comentários
Saber mais Presidente da República Portugal Telecom Cavaco Silva
Outras Notícias