Transportes Centenas de motoristas em risco de perder licença por corrupção

Centenas de motoristas em risco de perder licença por corrupção

Perto de 400 motoristas de plataformas como a Uber ou Cabify estão em riso de perder as licenças. Em causa está um esquema para a atribuição das mesmas sem passar pelas horas de formação obrigatórias.
Centenas de motoristas em risco de perder licença por corrupção
Negócios 30 de agosto de 2019 às 09:24

Cerca de 400 motoristas de plataformas eletrónicas de transporte, como a Uber ou a Cabiby, podem estar em risco de perder licenças e cartas de condução, conta o Jornal de Noticias.

Em causa está um alegado esquema de corrupção desmantelado pela Polícia Judiciária (PJ) em maio passado que consistia em "pagarem somas avultadas para obterem licenças ou renovarem cartas sem passarem pelas dezenas de horas de formação obrigatória e por inspeções médicas", detalha o jornal.

O Jornal de Notícias revela ainda que este esquema era conduzido por um casal, dono de uma escola de condução, que está em prisão preventiva. A mesma fonte conta que este esquema terá começado em 2016, com a renovação de cartas de condução de pesados e transportes coletivos, tendo sido depois alargado com a entrada em vigor no início do ano da legislação que impôs formação obrigatória para os condutores de plataformas eletrónicas de transporte.

Após a investigação, levada a cabo pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da PJ, foram identificados cerca de 400 motoristas que beneficiaram deste esquema, mas podem surgir mais, segundo o mesmo jornal.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI