Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CEO da Europa, África e América Latina entram na administração da Mota-Engil

Grupo alarga conselho de administração a 16 membros, passando a fazer parte deste órgão os responsáveis pelas três áreas de negócio.

A construtora apresenta uma carteira de encomendas 'muito interessante', com um forte peso em África (54%) e na América Latina (40%). O CaixaBI, que tem uma recomendação de 'reduzir' para a cotada, diz que os esforços da Mota-Engil para expandir no exterior 'devem assegurar oportunidades de crescimento robustas'.
Maria João Babo mbabo@negocios.pt 07 de Abril de 2014 às 19:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Mota-Engil vai alargar o conselho de administração dos actuais 15 para 16 membros, fazendo entrar neste órgão os CEO das suas áreas de negócio da Europa, África e América Latina.

 

De acordo com a proposta da accionista Mota Gestão e Participações para o conselho de administração no mandato 2014-2017, que será votada na assembleia geral mercada para 30 de Abril, passam a integrar este órgão Martinho de Oliveira, CEO da Europa, Gilberto Rodrigues, CEO de África, e João Parreira, CEO da América Latina.

 

De acordo com a proposta, deixam de fazer parte do conselho de administração da Mota-Engil Maria Isabel Peres e Pedro Antelo. Os restantes administradores mantêm-se.

 

Na passada segunda-feira, na apresentação dos resultados anuais, o presidente executivo Gonçalo Moura Martins considerou que o grupo precisa de “maior descentralização ao nível do processo de decisão”, admitindo ter “membros da comissão executiva no exterior”.

 

Portugal é actualmente o quarto mercado mais importante para o grupo, depois de Angola, Malawi e Peru.  Os mercados externos representaram em 2013 74% do volume de negócios da Mota-Engil, tendo o CEO admitido que em 2014 esse peso ultrapasse os 80%.

 

Ver comentários
Saber mais CEO Europa África Mota-Engil
Outras Notícias