Banca & Finanças CGD contabiliza venda do negócio em Espanha e sobe lucros do semestre

CGD contabiliza venda do negócio em Espanha e sobe lucros do semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) anunciou nesta sexta-feira que o seu lucro nos primeiros seis meses do ano ascendeu a 417,5 milhões de euros, contra os 282,5 milhões inicialmente reportados em julho.
CGD contabiliza venda do negócio em Espanha e sobe lucros do semestre
Pedro Noel da Luz
Carla Pedro 27 de setembro de 2019 às 19:36

O grupo CGD registou um resultado positivo de 417,5 milhões de euros no primeiro semestre, reportou nesta sexta-feira o banco liderado por Paulo Macedo num comunicado de revisão de contas divulgado junto da CMVM.

 

No passado dia 30 de julho, a CGD tinha reportado lucros de 282,5 milhões de euros, mas hoje reviu esse valor em alta de 135 milhões, para 417,5 milhões, ao incorporar a venda ao Abanca da sua unidade em Espanha.

 

Ao nível das contas separadas, o impacto da mesma operação foi positivo em 157 milhões de euros.

 

O Banco Central Europeu declarou a sua não oposição ao processo de alienação, ao Abanca, de 99,9% do capital social do Banco Caixa Geral, ficando assim concluído o processo de aprovação desta venda, que deverá ser concretizada em outubro, explica a CGD.

 

"As contas referentes ao período fundo a 30 de junho de 2019 foram alteradas face à sua divulgação inicial para acomodar os efeitos desta decisão", sublinha o relatório de gestão e contas do banco.

 

O grupo CGD refere ainda que, neste cenário, o rácio Common Equity Tier 1 (CET1) passa de 14,8% para 15,1%.

No primeiro semestre de 2018, os lucros da CGD tinham sido de 194 milhões de euros. Já no mesmo período de 2017 o banco estatal ainda registava um prejuízo de 50 milhões de euros.

 

A venda das operações da CGD em Cabo Verde, Espanha, África do Sul e Brasil foi acordada com a Comissão Europeia, em 2017, no âmbito da recapitalização do banco público.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI