Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CGD admite haver "boas razões" para avaliar pagamento antecipado da ajuda estatal

A CGD paga pelos CoCos 80 milhões de euros anuais. José de Matos diz não haver alterações no prazo de reembolso, mas admite haver bons motivos para analisar essa antecipação.

Cátia Barbosa/Negócios
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 11 de Fevereiro de 2015 às 20:04
  • Partilhar artigo
  • ...

"Há boas razões, agora que terminou a avaliação do BCE, para fazer essa avaliação" sobre a eventual antecipação da ajuda estatal, admitiu José de Matos.

 

"Até porque a remuneração dos CoCos custa 80 milhões de euros por ano com impacto na margem financeira", acrescentou o presidente do banco público. 

 

No entanto, o banqueiro avisou que "há condicionalismos". Isto porque o banco público tem de manter um certo nível de solidez e precisa de autorização das autoridades".

 

Neste momento "não temos nenhuma alteração ao prazo de reembolso que está previsto mais para perto do fim do plano" que termina em Junho de 2017.

Ver comentários
Saber mais CGD ajuda CoCos
Outras Notícias