Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CGD nega promoções para compensar cortes nos subsídios

Banco do Estado diz que "continua com uma política de contenção de promoções, sem quaisquer percentagens pré-definidas".

Negócios negocios@negocios.pt 28 de Janeiro de 2012 às 14:23
  • Partilhar artigo
  • 9
  • ...
A Caixa Geral de Depósitos reagiu hoje em comunicado às notícias que davam conta que o banco do Estado ia promover 15% dos seus trabalhadores, para os compensar pelos cortes dos subsídios de férias e Natal.

Lembrando que “suspendeu o pagamento aos seus trabalhadores do subsídio de férias e de Natal”, a Caixa assegura que “não tomou qualquer medida de compensação aos seus trabalhadores” e “não tomou igualmente qualquer medida extraordinária no que concerne a sua gestão de Recursos Humanos, não sendo por isso verdadeiros os factos relatados por alguns sindicatos e reproduzidas pela imprensa.

De acordo com a RTP Informação a CGD decidiu promover 15% dos trabalhadores de forma a compensar os cortes que serão realizados nos subsídios de Natal e de férias decretado há cerca de duas semanas.

A Caixa reforça que “continua com uma política de contenção de promoções, sem quaisquer percentagens pré-definidas”, classificando de “completamente falso que a gestão corrente dos seus Recursos Humanos possa ser entendida como qualquer medida para contornar a Lei ou para compensar os seus trabalhadores pelos impactos da aplicação da Lei do Orçamento de Estado 2012”.
Ver comentários
Saber mais cgd cortes nos subsídios
Outras Notícias