Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CGD passou a divulgar publicamente quem são clientes de risco e os "spreads" correspondentes

Quem for considerado um cliente com "risco favorável" poderá beneficiar de uma margem aplicada à Euribor que variará entre 0,85 e 2,60 pontos percentuais. Mas a um cliente que apresente risco e que terá de ser analisado com mais cuidado, a Caixa só disponibiliza um "spread" entre 1,1 e 3,75 pontos.

Negócios negocios@negocios.pt 27 de Agosto de 2009 às 08:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
A Caixa Geral de Depósitos converteu-se no primeiro banco a discriminar “clientes de risco" através de "spreads" alargados, lê-se na manchete do Diário de Notícias.

O banco público, com uma quota de mercado no segmento do crédito à habitação que ronda os 27%, anuncia no seu site uma nova subdivisão destes empréstimos a particulares, classificando os clientes por "operações com risco favorável" e "operações com notação de risco para análise".

Quem for considerado um cliente com "risco favorável" poderá beneficiar de uma margem aplicada à Euribor que variará entre 0,85 e 2,60 pontos percentuais. Mas a um cliente que apresente risco e que terá de ser analisado com mais cuidado, a Caixa só disponibiliza um spread entre 1,1 e 3,75 pontos.

Contactado pelo DN, o banco refere tratar-se de "uma nova forma de explicitar o pricing em função do scoring (nota atribuída pelo banco) do cliente".
Ver comentários
Outras Notícias