Media Chineses vão comprar posição dos bancos na dona do "DN"

Chineses vão comprar posição dos bancos na dona do "DN"

  O grupo chinês KNJ Investment Limited deverá assumir o estatuto de maior accionista da Global Media, empresa que edita o Diário de Notícias, Jornal de Notícias e a TSF.
Chineses vão comprar posição dos bancos na dona do "DN"
Vítor Mota/Correio da Manhã
Negócios 17 de setembro de 2016 às 11:11

O KNJ Investment Limited, grupo chinês sedeado em Macau que é liderado pelo empresário Kevin Ho (sobrinho de Edmund Ho), pretende comprar as posições detidas pelo Novo Banco e BCP no capital da Global Media.

 

A notícia é avançada pelo Expresso, que dá conta que o grupo chinês poderá ficar com os 15% detidos pelos bancos e subscrever um aumento de capital na empresa de media. Com estas operações, ficará com cerca de 30% do capital, num processo que deverá estar concluído em 2017.

 

O Grupo chinês investirá entre 15 a 20 milhões de euros e ficará com o estatuto de maior accionista, pois a posição dos actuais será diluida – António Mosquito (27,5%), Joaquim Oliveira (27,5%) e Luís Montez (15%) ficarão com posições entre 20% e 10%. Estes dois últimos accionistas entraram na Global Media em 2014, no âmbito do processo de reestruturação que foi implementado na empresa que edita o Diário de Notícias, Jornal de Notícias e a TSF.

 

Paulo Rego, fundador da Plataforma Macau, que está a intermediar o negócio, afirmou ao Expresso que a KNJ não está a impôr ser o accionista maioritário e que as últimas negociações com a administraçao da Global "correram bem" e "confirmamos que a Global está a evoluir favoravelmente do ponto de vista financeiro".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI