Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cimpor nega prática de cartel no Brasil

A Cimpor está entre as cimenteiras acusadas de prática de cartel pelo governo brasileiro. Em comunicado à CMVM, a empresa nega essas notícias.

Negócios negocios@negocios.pt 09 de Março de 2007 às 19:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Cimpor está entre as cimenteiras acusadas de prática de cartel pelo governo brasileiro. Em comunicado à CMVM, a empresa nega essas notícias.

A Secretaria de Direito Económico instaurou quinta-feira, dia 8 de Março, um processo de investigação contra oito empresas de cimento acusadas de formação de cartel, avança hoje o "Portugal Digital". A Cimpor e a Soeicom estão entre as cimenteiras acusadas de prática de cartel pelo governo brasileiro. Além das duas empresas portuguesas estão a ser alvo de acusação a Votorantim Camargo Corrêa, Holcim, Lafarge, Cimento Nassau e Itambé, que no conjunto representam 90% do mercado.

Segundo a mesma fonte, a Cimpor "comunica ao mercado que, no dia 8 de Março de 2007, foi publicada no Diário Oficial da União Federal do Brasil a notícia de instauração de um Processo Administrativo para investigação de eventuais condutas alusivas à prática de infracções à ordem económica (Lei 8884/94) nos mercados do cimento e betão pronto, a partir da análise dos documentos apreendidos em sede de Averiguação Preliminar, em várias empresas do sector cimenteiro".

"Tanto quanto é do melhor conhecimento da CIMPOR, nenhuma infracção foi praticada", justifica a empresa.

Outras Notícias