Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cinzas da Islândia levam companhias aéreas a afundar

As acções das companhias aéreas estão hoje a cair mais de 3%, com as empresas a serem penalizadas pelo cancelamento de centenas de voos devido à nuvem de cinzas libertada pelo vulcão em actividade na Islândia que se alastrou a vários países na Europa e ameaça chegar ao Canadá.

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 19 de Abril de 2010 às 10:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As acções das companhias aéreas estão hoje a cair mais de 3%, com as empresas a serem penalizadas pelo cancelamento de centenas de voos devido à nuvem de cinzas libertada pelo vulcão em actividade na Islândia que se alastrou a vários países na Europa e ameaça chegar ao Canadá.

As acções da British Airways estão a cair 3,06% para os 227,8 euros, enquanto a Lufthansa recua 3,34% para os 12,31 euros e a Ibéria perde 3,42% para os 2,482 euros. Já a Air France-KLM desce 3,98% para os 11,94 euros.

A nuvem de cinzas libertada pelo vulcão em actividade na Islândia levou ao encerramento de mais de 20 aeroportos por toda a Europa, com centenas de voos cancelados, levando os passageiros a procurar formas alternativas de transporte, como autocarros e comboios.

A área atmosférica abrangida pela nuvem de cinzas emanadas por um vulcão da Islândia está a diminuir, embora esteja a dirigir-se para oeste, em direcção ao Canadá.

A nuvem de cinzas resultante do vulcão glaciar islandês impediu que as missões chegassem hoje a Atenas, como previsto, e obrigou a comitiva do presidente da República, Cavaco Silva, à República Checa.

Apenas hoje já foram cancelados mais de uma centena de voos em Portugal.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias