A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Citigroup surpreende pela positiva com lucros de 4,4 mil milhões

O Citigroup apresentou lucros pela quarta vez em cinco trimestres, nos primeiros três meses de 2010, tendo beneficiado da descida dos custos com crédito malparado. Os resultados do banco surpreenderam pela positiva, com os analistas a apontarem para resultados ao nível do "break-even".

Citigroup surpreende pela positiva com lucros de 4,4 mil milhões
Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 19 de Abril de 2010 às 13:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
O Citigroup apresentou lucros pela quarta vez em cinco trimestres, nos primeiros três meses de 2010, tendo beneficiado da descida dos custos com crédito malparado. Os resultados do banco surpreenderam pela positiva, com os analistas a apontarem para resultados ao nível do "break-even".

Os lucros do banco ascenderam a 4,4 mil milhões de dólares (3,26 mil milhões de euros), depois de ter reportado prejuízos de 7,58 mil milhões no último trimestre do ano passado. Nos primeiros nove meses de 2009, o resultado líquido foi de 1,59 mil milhões de dólares.

O resultado por acção foi de 14 cêntimos de dólar nas operações continuadas, num período em que os analistas estimavam um resultado ao nível do “break-even”, ou seja próximo de zero, avança a Bloomberg.

O CEO do banco, Viktor Pandit, que beneficia de um salário anual de um dólar por ano enquanto o banco não for rentável de forma consistente, disse em Fevereiro que 2010 poderá demonstrar “o potencial de rentabilidade do novo Citi”, depois de o banco ter reportado prejuízos durante dois anos consecutivos, que totalizaram perdas de 21 mil milhões de dólares, recorda a Bloomberg.

“As condições de crédito melhoraram de forma relativamente dramática, e as receitas de banca de investimento são ainda mais fortes do que toda a gente tinha antecipado”, disse o analista para a indústria financeira do Optique Capital Management, William Fitzpatrick à Bloomberg. Os resultados serão vistos “muito favorávelemente”, disse antes da divulgação dos números.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias