Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Clientes de banda larga fixa crescem 9,5% em 2015

As receitas do serviço de banda larga fixa aumentaram 26,5% para 1,5 mil milhões de euros no ano passado. A Meo continua a liderar o segmento, seguindo-se a Nos e a Vodafone.

Bruno Simão/Negócios
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 28 de Março de 2016 às 15:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os utilizadores de banda larga fixa continuam a subir. No ano passado o número de clientes de banda larga fixa disparou 9,5% para 2,99 milhões, uma evolução superior ao ritmo de crescimento dos últimos cinco anos, que se situou em 8,5%.

De acordo com os dados divulgados esta segunda-feira, 28 de Março, pela Anacom, no final de 2015 a taxa de penetração da banda larga fixa em Portugal ultrapassou os 30 acessos por 100 habitantes (30,3%), tendo crescido 2,7 pontos percentuais face a 2014.

Do total de subscritores do serviço, 96,2% adquiriram o serviço no âmbito de um pacote de serviços.

A Meo continua a ter a maior fatia de clientes deste segmento com 44% de quota de mercado, apesar de o número ser inferior aos 48,1% registados em 2014. Segue-se a operadora Nos com 36,4%, uma percentagem que representa uma subida face à quota de 34,7% no ano anterior.

Já a Vodafone fechou 2015 com uma quota de 14,8%, tendo sido a operadora que mais cresceu com um aumento de 3,5 pontos percentuais. Já a Apax, que detém a Cabovisão e a Oni, tinha 4,4% dos clientes, contra 5,5% em 2014, detalha a entidade Fátima Barros (na foto).

As receitas deste serviço seguiram a mesma tendência ascendente, tendo aumentado no ano passado 26,5% para 1,5 mil milhões de euros, um valor explicado pela Anacom com o aumento das receitas dos pacotes de serviços que representam 88,4% do total dos proveitos deste serviço das operadoras.

 

Redes de cabo recuperam liderança

No total, de acordo com o mesmo documento da Anacom, em 2015 o número de acessos à banda larga fixa atingiu 3,14 milhões, mais 10% que em 2014.

As redes de cabo registaram um crescimento de 5,3% tendo fechado o ano a representar 33,8% do total de acessos e destronado o ADSL que desde 2004 ocupava a liderança da principal rede de acesso à internet em local fixo. O ADSL, pelo contrário, viu o número de acessos reduzir-se em 4,7% em 2015, representando 33,1% do total.

Já a fibra óptica representava 26,6% dos acessos à banda larga fixa, um aumento de 34,3%, tendo sido a tecnologia que mais contribuiu para o crescimento dos acessos totais.

Segundo o mesmo documento, seis em cada 10 subscritores do serviço de banda larga fixa tinham acessos com velocidades de "download" teóricas acima dos 30 Mbps, enquanto três em cada 10 utilizava acessos com velocidades iguais ou superiores a 100 Mbps.

Ver comentários
Saber mais Anacom Meo Vodafone Nos Cabovisão Oni Apax Fátima Barros banda larga fixa
Mais lidas
Outras Notícias