Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Clix deve cancelar oferta de ADSL a novos clientes

O Clix, fornecedor de acesso à Internet do grupo Sonaecom, deve anunciar, nos próximos dias, a suspensão das ofertas de Internet de banda larga (ADSL) a novos clientes, estima a Espírito Santo Research.

Bárbara Leite 15 de Janeiro de 2004 às 12:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Clix, fornecedor de acesso à Internet do grupo Sonaecom, deve anunciar, nos próximos dias, a suspensão das ofertas de Internet de banda larga (ADSL) a novos clientes, estima a Espírito Santo Research.

Esta iniciativa segue o anúncio do concorrente IOL que, suspendeu, temporariamente, a partir de hoje, a sua oferta de ADSL a novos clientes.

Este operador cancelou o ADSL porque o «detentor da infra-estrutura grossista e retalhista, aumenta injustificadamente os custos dos operadores conduzindo ao esmagamento de margens tendo em vista a total eliminação da concorrência», explicou em carta aos clientes.

O Clix também tem vindo a ameaçar tomar uma medida mais drástica, uma vez que perde cinco milhões de euros com estas ofertas de ADSL. «É provável que nos próximos dias, anunciem esta suspensão», avança a ESR.

O IOL e o Clix detêm 10 a 15% de todo o negócio de ADSL em Portugal. O grupo Portugal Telecom, segundo a analista da ESR, será o mais beneficiado com estas medidas de suspensão do ADSL, uma das apostas do negócio fixo, com a crescente «canibalização» do negócio móvel. A PT tinha, em Setembro do ano passado, cerca de 122 mil clientes de ADSL, o que contrasta com os cinco mil clientes que a Novis controla.

Esta decisão é vista, pela corretora, como «forma de pressão sobre o regulador para rever os preços do aluguer dos circuitos», da rede que os novos operadores utilizam para lançar ofertas aos clientes finais.

As acções da Sonaecom cotavam nos 2,97 euros, a subir 2,06%, enquanto a PT seguia a cair 0,35% para os 8,49%.

Ver comentários
Outras Notícias