Empresas CMVM: Investimentos de Sobrinho no Sporting estão a ser investigados

CMVM: Investimentos de Sobrinho no Sporting estão a ser investigados

Os investimentos de Álvaro Sobrinho, o maior accionista da SAD do Sporting através da Holdimo, estão a ser investigados pela CMVM e pelo Banco de Portugal, de acordo com a informação dada pelo regulador do mercados financeiros português ao Parlamento.
CMVM: Investimentos de Sobrinho no Sporting estão a ser investigados
Negócios 21 de agosto de 2015 às 18:35

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) revela numa resposta a um requerimento apresentado pelo deputado social-democrata, Duarte Marques, que "estão em curso e serão realizadas as diligências reputadas necessárias e adequadas ao apuramento da origem e ao acompanhamento das operações financeiras" realizadas por Álvaro Sobrinho, nomeadamente o investimento realizado na SAD do Sporting.

O deputado Duarte Marques questionou o regulador do mercado de capitais nacional se a origem dos investimentos de Álvaro Sobrinho em Portugal tinha sido alvo de investigação e se o regulador estava disponível para "verificar e seguir o rasto e a origem das verbas utilizadas por empresas detidas ou geridas pelo Dr. Álvaro Sobrinho na aquisição ou investimento em empresas em Portugal, cotadas ou não."

 

Isto num contexto em que estão a decorrer "investigações que envolvem, entre outros, Álvaro Sobrinho, ex-presidente do BESA", depois de ter sido identificado pelo Banco de Portugal um "volumoso montante de capitais que foram desviados do Banco Espírito Santo Angola" durante a liderança do responsável em questão, salienta o deputado na missiva enviada à CMVM.

 

Em resposta, o regulador frisa a sua função de acompanhamento da actividade de empresas cotadas, nomeadamente "alterações das participações societárias". Além disso, tem a função de verificar os "(des)investimentos realizados e a observação da origem dos financiamentos, bem como das fontes e destinos de riqueza mobilizados", adianta a mesma fonte.

 

"Por conseguinte, no âmbito das atribuições da CMVM e em articulação, designadamente, com o Banco de Portugal, estão em curso e serão realizadas as diligências reputadas necessárias e adequadas ao apuramento da origem e ao acompanhamento das operações financeiras referenciadas nas perguntas feitas pelo Senhor Deputado", adianta o regulador. 

 

Com a reestruturação financeira desenhada com os bancos pela anterior gestão e executada já por Bruno de Carvalho, a Holdimo – empresa de Álvaro Sobrinho – transformou-se na maior accionista da SAD do Sporting, numa conversão dos créditos em capital. O seu peso foi crescendo ao ritmo das necessidades de capital do processo de reestruturação. E culminou, já no final do ano passado, numa fatia de 29,8% da SAD, correspondente à conversão de um dívida acumulada de 20 milhões de euros.

(Notícia actualizada às 18h51 com mais informação)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI