Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CMVM: Investimentos de Sobrinho no Sporting estão a ser investigados

Os investimentos de Álvaro Sobrinho, o maior accionista da SAD do Sporting através da Holdimo, estão a ser investigados pela CMVM e pelo Banco de Portugal, de acordo com a informação dada pelo regulador do mercados financeiros português ao Parlamento.

Álvaro Sobrinho é o 37.º Mais Poderoso 2015
Foi empurrado para fora do Banco Espírito Santo Angola (BESA) e esta circunstância acabou por lhe dar um poder destrutivo, o de contribuir para a derrocada do império Espírito Santo, onde havia iniciado a sua carreira profissional. O apertar do cerco a Ricardo Salgado passou muito por dois jornais dos quais é proprietário, o i e o Sol, com informação. O poder destrutivo tem uma natureza efémera. Mas fica-lhe ainda a fortuna para apoiar o seu poder. Hoje é o maior accionista da SAD do Sporting.
Negócios 21 de Agosto de 2015 às 18:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • 58
  • ...

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) revela numa resposta a um requerimento apresentado pelo deputado social-democrata, Duarte Marques, que "estão em curso e serão realizadas as diligências reputadas necessárias e adequadas ao apuramento da origem e ao acompanhamento das operações financeiras" realizadas por Álvaro Sobrinho, nomeadamente o investimento realizado na SAD do Sporting.

O deputado Duarte Marques questionou o regulador do mercado de capitais nacional se a origem dos investimentos de Álvaro Sobrinho em Portugal tinha sido alvo de investigação e se o regulador estava disponível para "verificar e seguir o rasto e a origem das verbas utilizadas por empresas detidas ou geridas pelo Dr. Álvaro Sobrinho na aquisição ou investimento em empresas em Portugal, cotadas ou não."

 

Isto num contexto em que estão a decorrer "investigações que envolvem, entre outros, Álvaro Sobrinho, ex-presidente do BESA", depois de ter sido identificado pelo Banco de Portugal um "volumoso montante de capitais que foram desviados do Banco Espírito Santo Angola" durante a liderança do responsável em questão, salienta o deputado na missiva enviada à CMVM.

 

Em resposta, o regulador frisa a sua função de acompanhamento da actividade de empresas cotadas, nomeadamente "alterações das participações societárias". Além disso, tem a função de verificar os "(des)investimentos realizados e a observação da origem dos financiamentos, bem como das fontes e destinos de riqueza mobilizados", adianta a mesma fonte.

 

"Por conseguinte, no âmbito das atribuições da CMVM e em articulação, designadamente, com o Banco de Portugal, estão em curso e serão realizadas as diligências reputadas necessárias e adequadas ao apuramento da origem e ao acompanhamento das operações financeiras referenciadas nas perguntas feitas pelo Senhor Deputado", adianta o regulador. 

 

Com a reestruturação financeira desenhada com os bancos pela anterior gestão e executada já por Bruno de Carvalho, a Holdimo – empresa de Álvaro Sobrinho – transformou-se na maior accionista da SAD do Sporting, numa conversão dos créditos em capital. O seu peso foi crescendo ao ritmo das necessidades de capital do processo de reestruturação. E culminou, já no final do ano passado, numa fatia de 29,8% da SAD, correspondente à conversão de um dívida acumulada de 20 milhões de euros.

(Notícia actualizada às 18h51 com mais informação)

Ver comentários
Saber mais Álvaro Sobrinho Sporting SAD do Sporting CMVM Banco de Portugal Duarte Marques PSD Parlamento
Outras Notícias