Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CMVM regista OPD para aumento de capital da Portucel

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) efectuou o registo da oferta pública de distribuição (OPD) de 332,5 milhões de acções da Portucel, no âmbito do aumento de capital que será efectuado pela empresa, anunciou a companhia em comunicado.

João Mata 01 de Setembro de 2001 às 14:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) efectuou o registo da oferta pública de distribuição (OPD) de 332,5 milhões de acções da Portucel, no âmbito do aumento de capital que será efectuado pela empresa, anunciou a companhia em comunicado.

As referidas acções terão o valor nominal de um euro (200 escudos) cada e serão emitidas para possibilitar o aumento do capital da empresa até aos 767,5 milhões de euros (153,87 milhões de contos), segundo a mesma fonte.

O capital social da Portucel [PTCL] situa-se actualmente nos 435 milhões de euros (87,2 milhões de contos), sendo representado por igual número de acções, com a operação de aumento do capital a ter a finalidade de financiar a aquisição da Soporcel.

O período de subscrição das novas acções, por parte dos accionistas e do público em geral, «decorrerá entre as 8h30 do dia 7 de setembro de 2001 e as 15h00 do dia 21 de Setembro de 2001», segundo o comunicado da empresa. Os direitos relativos às novas acções irão iniciar a negociar na Bolsa de Valores de Lisboa e Porto (BVLP) também a partir de 7 de Setembro.

A oferta será dividida em dois blocos de acções, das quais 152.873.552 serão acções ordinárias e os restantes 179.626.448 títulos serão de categoria A, reservados à subscrição por parte da Papercel, accionista maioritária da empresada Portucel, em representação do Estado.

Até final do período de subscrição, «serão objecto de pedido de admissão à negociação no Mercado de Cotações Oficiais da BVLP (…) 147.217.231 acções ordinárias privatizadas a emitir» no âmbito do aumento de capital, segundo a mesma fonte.

Actualmente, a empresa tem 192,6 milhões de acções admitidas à cotação na BVLP, o equivalente a 44,3% do seu capital social.

Os bancos que irão liderar a OPD são o BPI [BPI], o BCP Investimento, do Grupo Banco Comercial Português (BCP) [BCP], e a Caixa-Banco de Investimento, de acordo com a empresa.

A ponderação da Portucel nos principais índices da Bolsa nacional, o PSI20 [PSI20] e o PSI30, será ajustada, no âmbito do aumento do capital social da empresa, caso as acções da produtora de pasta e papel encerrem na segunda-feira a valer mais de um euro (200 escudos), segundo anunciou a BVLP, na sexta-feira.

As acções da Portucel encerraram ontem inalteradas nos 0,90 euros (180 escudos).

Mais lidas
Outras Notícias