Bolsa Cofina perde mais de 14% após abandonar compra da dona da TVI

Cofina perde mais de 14% após abandonar compra da dona da TVI

A dona da Media Capital, a Prisa, também está a afundar em bolsa, com uma quebra acima de 13%.
Cofina perde mais de 14% após abandonar compra da dona da TVI
Negócios 11 de março de 2020 às 09:37

Os títulos da Cofina estão a reagir em baixa ao anúncio de que a empresa vai desistir de comprar a dona da TVI, a Media Capital. As ações já desvalorizaram mais de 14%.

Nesta altura, a Cofina - que é dona de títulos como o Jornal de Negócios, Correio da Manhã e Sábado - está a cair 11,55% para os 36 cêntimos em bolsa, mas já chegou a recuar 14,25% para os 34,9 cêntimos, descendo a um mínimo de outubro do ano passado. Paralelamente, a dona da Media Capital, a Prisa, deslizou 13,77% para os 1,09 euros, um mínimo de junho de 2017.

A negociação, no que diz respeito à Media Capital está, para já, suspensa, até que seja divulgada informação relevante sobre o emitente, informou o regulador do mercado, a CMVM -  Comissão do Mercado de Valores Mobiliários. As ações da Cofina estiveram suspensas até às 9 da manhã, por decisão da mesma entidade. 

A operação de aumento de capital que se destinava a financiar a oferta pública de aquisição (OPA) da empresa liderada por Paulo Fernandes e dona do Correio da Manhã sobre a Media Capital não vai realizar-se, informou a Cofina em comunicado à CMVM.

A justificar a decisão esteve o número de ações subscritas, que não chegou ao cobrir o total de 188.888.889 novas ações ordinárias, escriturais e nominativas, sem valor nominal. "não tendo sido verificada a condição de subscrição integral do aumento de capital, a oferta ficou sem efeito", conclui a empresa.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI