Energia Combustíveis sobem para máximos de seis meses

Combustíveis sobem para máximos de seis meses

Os preços dos combustíveis vão subir na próxima semana, a refletir aumentos acentuados dos preços das matérias-primas. Os preços do gasóleo e da gasolina vão subir para máximos de seis meses.
Combustíveis sobem para máximos de seis meses
Bloomberg
Sara Antunes 17 de maio de 2019 às 11:26

Esta semana foi marcada pela subida dos preços dos derivados de petróleo nos mercados internacionais. Gasóleo e gasolina registaram os maiores aumentos desde fevereiro e é esta evolução que se fará sentir nos postos de abastecimento em Portugal.

 

Os preços dos combustíveis deverão observar subidas acentuadas, com o litro da gasolina a aumentar 2,5 cêntimos e o do gasóleo a subir 1,5 cêntimos, segundo os cálculos do Negócios. Fonte do setor diz que as subidas poderão ser menores: 2 cêntimos no caso da gasolina e 1 no gasóleo.

 

Se se confirmar o aumento de 2,5 cêntimos, o custo da gasolina simples deverá aumentar para 1,588 euros, tendo em consideração o preço médio praticado esta semana em Portugal. A gasolina deverá assim aumentar para o preço mais elevado desde a semana de 15 de outubro.

 

Já no caso do gasóleo simples, apesar de o aumento ser menor, o custo por litro deverá tocar num máximo de 5 de novembro ao atingir os 1,407 euros.

 

A evolução dos preços dos combustíveis é calculada pelo Negócios, tendo por base a evolução dos derivados do petróleo (gasóleo e gasolina) e do euro. Ainda assim, a evolução dos custos dependerá de cada posto de abastecimento, da marca e da zona onde se encontra.

 

Os cálculos do Negócios têm por base contratos diferentes dos seguidos pelas petrolíferas (ainda que a evolução costume ser semelhante), sendo que os dados disponíveis para o Negócios só estão disponíveis até quinta-feira (faltando um dia de negociação).




Marketing Automation certified by E-GOI