Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Comissão executiva da TAP está de portas abertas para ter um membro indicado pelo Estado"

O presidente executivo da TAP lembra que cabe aos acionistas decidir quem são os membros da comissão executiva da companhia aérea.

Lusa
Rafaela Burd Relvas rafaelarelvas@negocios.pt 23 de Junho de 2020 às 12:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A comissão executiva da TAP, que apesar de ser detida em 50% pelo Estado, só tem representantes do acionista privado, está "de portas abertas" para passar a integrar um representante do Estado. A garantia é dada pelo presidente executivo da companhia aérea, Antonoaldo Neves, que salienta que a nomeação dos órgãos sociais da companhia aérea cabe aos acionistas.

Antonoaldo Neves está a ser ouvido esta terça-feira, 23 de junho, na Assembleia da República, numa audição requerida pelo PS e pelo PSD para discutir o plano de rotas que foi apresentado pela TAP no mês passado, e que mereceu contestação de várias partes por concentrar a quase totalidade dos voos em Lisboa.

Questionado sobre como é feita a supervisão do dinheiro público que é injetado na TAP, a propósito do empréstimo estatal de um valor máximo de 1,2 mil milhões que já foi autorizado pela Comissão Europeia, e tendo em conta que a comissão executiva da TAP não conta com representantes do Estado, Antonoaldo Neves garantiu que esse cenário pode mudar - basta que os acionistas assim o decidam.

"A comissão executiva está disposta a ter um representante do Estado português. Vai trabalhar connosco e tomar decisões connosco. Mas quem vai tomar essa decisão é o acionista. A comissão executiva está de portas abertas para ter um membro indicado pelo Estado", disse o presidente executivo da companhia aérea.

Ainda sobre este assunto, Antonoaldo Neves frisou que "todos os acionistas querem o bem da TAP" e que "ninguém quer usar a TAP como arma para qualquer objetivo".
Ver comentários
Saber mais antonoaldo neves tap aviação assembleia da república
Outras Notícias