Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Comissão de inquérito ao BPN termina hoje com audição de Teixeira dos Santos

O ministro de Estado e das Finanças, Teixeira dos Santos, será ouvido hoje na comissão de inquérito parlamentar ao BPN, na última jornada de uma comissão que já leva mais de meia centena de audições.

Negócios com Lusa 18 de Junho de 2009 às 08:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O ministro de Estado e das Finanças, Teixeira dos Santos, será ouvido hoje na comissão de inquérito parlamentar ao BPN, na última jornada de uma comissão que já leva mais de meia centena de audições.

A audição de Teixeira dos Santos encerra será a última desta comissão sobre a situação que levou à nacionalização do BPN e supervisão inerente, que iniciou os seus trabalhos a 13 de Janeiro e já conta com 53 sessões.

O ministro das Finanças anunciou a 20 de Maio no Parlamento que a venda do banco é sua opção de solução para o Banco Português de Negócios (BPN) e que só condições de mercado ou falta de interessados o levarão a ponderar outras possibilidades.

Teixeira dos Santos afirmou ainda que "garante" que não haverá lugar a indemnização de qualquer accionista, tendo afirmado no início de Novembro de 2008 que a nacionalização não irá ter impacto "significativo" nas contas públicas.

A Sociedade Lusa de Negócios (SLN), a antiga dona do BPN, quer receber do Estado, como indemnização decorrente da nacionalização do banco, 403,8 milhões de euros, como disse recentemente o actual presidente da empresa, Fernando Lima, na apresentação das contas da 'holding', que teve prejuízos de cerca de 170 milhões em 2008.

O banco, juntamente com uma área do negócio de seguros, foi nacionalizado em Novembro de 2008 e colocado sob administração de gestores da estatal Caixa Geral de Depósitos (CGD) depois de uma intervenção das autoridades, incluindo judiciais, que levou à detenção do seu antigo presidente, Oliveira e Costa.

Ver comentários
Outras Notícias