Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Compra da SFR pela Altice chumbada pelo regulador francês

O regulador do mercado de capitais de França bloqueou a compra do resto do capital que a Altice ainda não detinha na SFR. O presidente da dona da Meo considera a decisão "totalmente incompreensível".

Bloomberg
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 05 de Outubro de 2016 às 09:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

A Altice queria comprar 22,25% do capital da SFR, que ainda não detém, mas o regulador do mercado de capitais de França chumbou a operação, considerando que o negócio não cumpre as regras vigentes. A Reuters adianta que a AMF não avançou qualquer razão que explique a decisão, considerada rara, mas disse que o irá fazer em breve.

 

Esta decisão "é totalmente incompreensível", afirmou Michel Combes (na foto), presidente executivo da Altice, à Reuters. "Numa altura em que muitos se questionam, devido ao Brexit, para qual dos grandes centros económicos e financeiros se devem transferir… isto é enviar um sinal de completa imprevisibilidade", sublinhou o responsável.

 

A empresa de telecomunicações, controlada por Patrick Drahi, que em Portugal detém a Meo, tinham como objectivo simplificar a estrutura do grupo e propôs trocar oito acções de classe A da Altice por cinco do grupo SFR. O alvo desta operação era 22,25% do capital, que ainda não está nas mãos da Altice.

 

Combes revelou à Reuters que a empresa está a ponderar recorrer da decisão do regulador francês.

 

A Altice reiterou ainda a sua estratégia para de crescimento, salientando, em comunicado, que "lamenta a decisão, que vai contra os interesses das duas empresas, dos seus accionistas e dos seus funcionários".

 

As acções da Altice seguem estáveis nos 16,23 euros, tendo chegado a ceder 2,59%. Já a SFR desliza 5,51% para 25,06 euros, tendo chegado a perder 7,81% esta manhã.

Ver comentários
Saber mais SFR Altice Michel Combes Patrick Drahi Meo telecomunicações
Mais lidas
Outras Notícias