Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Comunidade internacional promete 4 mil milhões para reconstruir Haiti

A comunidade internacional comprometeu-se a disponibilizar uma verba de 3,9 mil milhões de euros para ajudar a reconstruir o Haiti, anunciou ontem à noite o secretário geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon. Este montante, a ser canalizado nos dois próximos anos, ultrapassa em mil milhões o valor "reclamado" pelo governo haitiano.

Negócios negocios@negocios.pt 01 de Abril de 2010 às 10:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A comunidade internacional comprometeu-se a disponibilizar uma verba de 3,9 mil milhões de euros para ajudar a reconstruir o Haiti, anunciou ontem à noite o secretário geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon. Este montante, a ser canalizado nos dois próximos anos, ultrapassa em mil milhões o valor “reclamado” pelo governo haitiano.

O consenso foi alcançado ontem durante a conferência internacional de doadores para debater as ajudas ao Haiti, dois meses depois do terramoto que causou 220 mil mortos, segundo as estimativas oficiais.

A União Europeia (UE) e os Estados Unidos lideram o pacote de ajudas canalizando, respectivamente, 1,2 milhões de euros e 850 milhões de euros.

Entre os países da UE, Espanha é o que mais contribui para a reconstrução do Haiti, ao disponibilizar uma verba de 346 milhões de euros. Segue-se, com 236 milhões de euros, França. Portugal não entrou neste fundo europeu. O apoio nacional focou-se na ajuda de emergência, orçada em 1,3 milhões de euros.

Em troca das ajudas à reconstrução do país, a comunidade internacional reclamou um “governo democrático e transparente” para o Haiti. O presidente do país, René Préval, garantiu alcançar estabilidade política.

René Préval solicitou, também, “disciplina” na ajuda internacional para garantir a sua eficácia. Segundo o “The New York Times”, dos mil milhões de euros prometidos até agora, o governo haitiano apenas recebeu 17 milhões de euros.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias