Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Concessionárias facturaram 1,4 mil milhões em 2010

As concessionárias de auto-estradas e parques de estacionamento em Portugal facturaram 1.420 milhões de euros em 2010, mas devido às perspectivas desfavoráveis para a economia portuguesa a facturação destas empresas deverá crescer abaixo de 1% este ano.

Maria João Babo mbabo@negocios.pt 22 de Fevereiro de 2011 às 13:19
Num estudo sobre as concessionárias portuguesas de infra-estruturas rodoviárias, a consultora DBK avança que as receitas geradas pelas concessionárias de auto-estradas foram de 1.358 milhões de euros, representando mais de 95% do total, correspondendo os restantes 64 milhões à exploração de parques concessionados.

Em relação à evolução do tráfego, acrescenta, 2010 contabilizou uma média diária de cerca de 20.600 veículos nas vias geridas pelas sociedades pertencentes à Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de Auto-estradas ou Pontes com Portagens, uma quebra de cerca de 2% face a 2009.

A DBK refere ainda que "o volume de negócios no estrangeiro é pouco significativo concentrando-se a actividade dos principais grupos no Brasil, Eslováquia, Espanha, Estados Unidos, México, Moçambique e Países Baixos".

Em 2010, continua a consultora, "observou-se uma desaceleração do crescimento do negócio, num contexto de congelação das tarifas e de um aumento muito discreto da rede gerida pelas concessionárias".

A DBK destaca ainda, relativamente às previsões para o sector, que a necessidade de desenvolver novas infra-estruturas em Portugal e o abrandamento do sector daconstrução "tornam a gestão das infra-estruturas rodoviárias em regime de concessão muito atractiva para grupos de construção e financeiros".

Em 2011 estarão concluídas obras de construção de 370 quilómetros de novas auto-estradas, na sua maior parte correspondentes a vias com portagens.

No entanto, avança, "as perspectivas desfavoráveis para a economia portuguesa em 2011 afectarão negativamente o volume de negócios das concessionárias de auto-estradas, de modo que, apesar de haver uma maior oferta, se estima que a facturação cresça abaixo dos 1%".

Em Portugal existem 25 empresas concessionárias de auto-estradas, apesar de apenas 15 terem gerado uma facturação significativa em 2010. De acordo com a DBK, existe uma forte concentração da oferta, com as cinco primeiras empresas deste mercado a contribuírem, em 2010, com 67% da facturação total.
Ver comentários
Saber mais concessionárias DBK estradas parques de estacionamento
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio