Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Concorrência dá “luz verde” à compra dos supermercados Plus pela Jerónimo Martins

A compra da rede de supermercados Plus em Portugal pela Jerónimo Martins deverá ser formalmente aprovada pela Autoridade da Concorrência, visto que o grupo de distribuição diz ter já recebido indicação de luz verde por parte do regulador, disse hoje Pedro

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 22 de Abril de 2008 às 16:26

A compra da rede de supermercados Plus em Portugal pela Jerónimo Martins deverá ser formalmente aprovada pela Autoridade da Concorrência, visto que o grupo de distribuição diz ter já recebido indicação de luz verde por parte do regulador, disse hoje Pedro Soares dos Santos, administrador executivo da "holding".

De acordo com Pedro Soares dos Santos, "os remédios impostos pelo regulador foram, por um lado, a alienação de uma unidade Plus ou Pingo Doce em Seia e o impedimento pela Jerónimo Martins de apresentar qualquer licença nova de abertura durante três anos, para as regiões de Évora e Arrifana".

O administrador executivo, que hoje teve um encontro com a imprensa a propósito da certificação do processo de desenvolvimento das marcas próprias do grupo, adiantou ainda que na Polónia "o processo está mais atrasado", no que toca à avaliação da compra da rede Plus naquele pais onde a JM opera já com a Biedronka.

A JM acordou com o grupo alemão Tengelmann, em Dezembro passado, a compra dos activos da alemã nos dois mercados onde a portuguesa actua, por um valor de 320 milhões de euros. Em Portugal a JM fica assim com 75 unidades, equivalentes a 61 mil metros quadrados, empregando 950 colaboradores e que em 2007 geraram receitas no valor de 149 milhões de euros.

Já na Polónia, onde a JM actua através da rede Biedronka, estão em causa 210  lojas Plus, equivalentes a 150 mil metros quadrados, empregando 2.700 colaboradores e que em 2007 facturaram 344 milhões de euros.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio