Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Conheça as marcas portuguesas mais valiosas e o abalo da covid-19

A Brand Finance compôs o ranking das marcas mais valiosas para 2020, mas chama a atenção para a perda de valor que a covid-19 deverá implicar em alguns setores.

1.º EDP

1.º EDP
Valor da marca: 2.567 milhões de euros (pós-covid: inalterado)

2.º Galp Energia

2.º Galp Energia
Valor da marca: 1.248 milhões de euros (pós-covid: 999 milhões de euros)

3.º Pingo Doce

3.º Pingo Doce
Valor da marca: 701 milhões de euros (pós-covid: 561 milhões de euros)

4.º Millennium BCP

4.º Millennium BCP
Valor da marca: 647 milhões de euros (pós-covid: 517 milhões de euros)

5.º Caixa Geral de Depósitos

5.º Caixa Geral de Depósitos
Valor da marca: 566 milhões de euros (pós-covid: 453 milhões de euros)

6.º Continente

6.º Continente
Valor da marca: 508 milhões de euros (pós-covid: 407 milhões de euros)

7.º Meo

7.º Meo
Valor da marca: 428 milhões de euros (pós-covid: inalterado)

8.º Nos

8.º Nos
Valor da marca: 427 milhões de euros (pós-covid: inalterado)

9.º TAP

9.º TAP
Valor da marca: 272 milhões de euros (pós-covid: 218 milhões de euros)

10.º Super Bock

10.º Super Bock
Valor da marca: 252 milhões de euros (pós-covid: 202 milhões de euros)
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 31 de Maio de 2020 às 17:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

As 25 marcas mais valiosas de 2020 em Portugal foram reveladas pela Brand Finance, mas este ano vêm com um asterisco: o impacto que a covid-19 pode ter no valor destas empresas.

EDP, Galp Energia, Pingo Doce, Millennium BCP e Caixa Geral de Depósitos formam o "top 5" das marcas mais valiosas em Portugal em 2020, com os dados recolhidos até janeiro deste ano. Tendo em conta o possível impacto da covid-19, este grupo mantém-se no topo da tabela, mas com uma diferença relevante: no conjunto, perdem-se 786 milhões pelo caminho.

As estimativas da Brand Finance baseiam-se no impacto previsível para o setor onde cada empresa se insere. Enquanto a EDP deve manter o mesmo valor, pois não se espera um impacto relevante da pandemia nas utilities, as quatro empresas que se seguem incluem-se nos setores do retalho, banca e petróleo, para os quais o impacto deve rondar os 20%.

Do sexto ao décimo lugar, já se alteram as posições. O Continente passa a ser a oitava mais valiosa, duas posições abaixo, sendo ultrapassada pela Meo e a Nos, que não sofrem mudanças. A TAP e a Super Bock, que fechavam a tabela, dão lugar no top 10 à PT Empresas e à Mota-Engil.  

Ver comentários
Saber mais Finance Galp Energia Pingo Doce Millennium BCP e Caixa Geral Portugal economia negócios e finanças Informação sobre empresas
Mais lidas
Outras Notícias