Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Conselho de administração do Santander recebeu 6,81 milhões no primeiro semestre

Os membros do conselho de administração do Santander, onde se incluem o "chairman" e o presidente-executivo, receberam um total de 6,81 milhões de euros no primeiro semestre do ano, mais 5,7% que no período homólogo.

Jorge Garcia jorgegarcia@negocios.pt 02 de Agosto de 2013 às 16:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

A remuneração fixa dos administradores foi revista em baixa, mas o pagamento em acções e opções sobre acções subiu. De acordo com a informação remetida esta sexta-feira para o regulador de mercado espanhol, os administradores, entre eles Emilio Botín e Javier Marín, receberam um total de 4,856 milhões de euros em remunerações fixas, um valor 3,2% inferior ao do mesmo período do ano passado, segundo o "Expansión".

 

Além disso, o Santander teve durante o primeiro semestre dois presidentes-executivos, Alfredo Sáenz e Javier Marín. Isto implica que, nas contas do semestre, estejam incluídos os salários de ambos.

 

Os impostos pagos pelos administradores ascenderam a 743.000 euros, o que revela um aumento de 7,2%. Por sua vez, o valor pago em acções e outros instrumentos financeiros subiu 64% para 1,2 milhões de euros.

 

O documento enviado ao regulador espanhol revela também que a administração do banco, sem contar com os presidentes executivos, auferiu 17,58 milhões de euros, quase sem variações face ao ano anterior.

Ver comentários
Saber mais Santander semestre remunerações
Outras Notícias