Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Consórcio da Galp propõe investimentos acima de mil milhões

O consórcio liderado pela Galp Energia, com a designação de Ventinveste, entregou hoje a proposta concorrente à atribuição de licenças para a produção de 800 MW de potência eólica. O agrupamento propõe-se a investir 1,035 mil milhões de euros num «cluster

Tânia Ferreira tf@negocios.pt 01 de Março de 2006 às 15:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O consórcio liderado pela Galp Energia, com a designação de Ventinveste, entregou hoje a proposta concorrente à atribuição de licenças para a produção de 800 MW de potência eólica. O agrupamento propõe-se a investir 1,035 mil milhões de euros num «cluster» industrial e na instalação de novos parques eólicos em sete distritos do país.

Este consórcio irá gerar 1.250 novos postos de trabalho. A Galp vai agora anunciar mais informação sobre este tema em conferência de imprensa.

A Galp Energia, através da Galp Power, é o principal accionista do agrupamento, com uma participação de 34%, seguida da Martife, com 31%. A Enersis controla 30% , a Efacec Energia 2%, a Repower Portugal, a Repower Sistems AG e a fábrica de pás Powerblade com 1% cada, segundo um comunicado divulgado pela Ventiveste.

Termina hoje, às 17 horas, o novo prazo para a entrega de propostas ao concurso para a instalação de até 1500 MW de potência eólica, lançado pelo Governo.

Pelo menos seis consórcios, onde estão presentes alguns dos maiores grupos de energia levantaram o caderno de encargos daquele que é considerado como um dos maiores concursos de energia eólica a nível europeu.

A instalação de um «cluster» de indústria para equipamentos de energia eólica é um dos requisitos do concurso que envolve investimento industrial até 900 milhões de euros e a criação de até 1600 postos de trabalho.

Ver comentários
Outras Notícias