Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Consórcio que venceu concessão do porto de Lisboa cria empresa para operar infra-estrutura

Autoridade da Concorrência recebeu uma notificação das quatro empresas que compõem o agrupamento.

Correio da Manhã
Alexandra Noronha anoronha@negocios.pt 04 de Fevereiro de 2014 às 13:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

As quatro empresas que integram o consórcio que venceu a concessão do terminal de cruzeiros do porto de Lisboa constituíram uma nova sociedade, com o objectivo de explorar a infra-estrutura.

 

Numa notificação enviada à Autoridade da Concorrência, a Creuers de Barcelona, a turca Global Liman Isletmeleri, a americana Royal Caribbean e o grupo Sousa que venceram recentemente o concurso para o terminal de cruzeiros dão conta da criação desta nova sociedade “que tem por objectivo a exploração, ao abrigo da concessão adjudicada pela Administração do Porto de Lisboa no Terminal de Cruzeiros do serviço público de apoio à navegação marítima consistente na realização de embarque, desembarque e trânsito” de passageiros dos cruzeiros. Além disso, o agrupamento terá que construir uma nova gare marítima.   

 

O concessionário só deverá assinar o contrato em Abril, tendo em conta estas autorizações do Tribunal de Contas e da Autoridade da Concorrência que ainda são necessárias. 

 

Desta forma, muito dificilmente haverá obras no terreno antes do segundo semestre. O prazo para a construção da nova gare é de 24 meses. A proposta inclui a construção da nova gare de passageiros por cerca de 22,7 milhões de euros.

Ver comentários
Saber mais Cruzeiros porto de Lisboa
Outras Notícias