Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Consumidores acusam VW de "tratamento desigual" entre países

A Deco lamenta não ter integrado o grupo de trabalho que o Governo português criou para avaliar o caso. Em conjunto com as congéneres europeias pede medidas a “curto prazo”. E respostas.

Bloomberg
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 24 de Novembro de 2015 às 16:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

As associações de consumidores na Europa, incluindo a portuguesa Deco, acusam o grupo Volkswagen de um "tratamento desigual entre consumidores americanos e europeus" no caso da manipulação de emissões poluentes.

"Os consumidores afectados continuam sem uma solução justa e equitativa", considera a Deco esta terça-feira, 24 de Novembro, em comunicado. A posição surge depois de um encontro com as congéneres europeias, dois meses depois de o caso ter sido tornado público.


Um dos exemplos no tratamento "desigual" entre europeus e americanos prende-se com vales de compensação de mil dólares (930 euros) que a marca disponibilizou aos proprietários americanos. A solução foi só aplicada em território norte-americano.


Para a Deco existem ainda muitas questões por responder, "nomeadamente como é que os consumidores irão ser compensados pelos seus danos" e os efeitos fiscais da segunda vaga do caso, que abrange 800 mil carros com emissões de dióxido de carbono manipuladas. O grupo automóvel já tenha garantido que irá cobrar o desvio fiscal provocado por esta situação.

A associação de defesa do consumidor lamenta não ter sido envolvida no grupo de trabalho criado pelo Governo português para acompanhar o impacto do caso no país, "o que contribui para a ausência de respostas".


Por isso mesmo, a Deco pede medidas a "curto prazo" às marcas envolvidas, às autoridades públicas e à própria Comissão Europeia, bem como uma reunião com os representantes das marcas em Portugal.

Ver comentários
Saber mais DECO Volkswagen Governo consumo automóvel emissões poluição ambiente
Outras Notícias