Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cortes e imóveis dão prejuízo de 42 milhões à nova Tranquilidade

O primeiro ano de vida da Seguradoras Unidas foi vivido com perdas. A contabilização dos custos com a reestruturação foi uma das responsáveis, a que se juntou a antecipação de menos-valias no imobiliário.

Miguel Baltazar/Negócios
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Seguradoras Unidas, companhia que resultou da integração da Açoreana, T-Vida e Logo na Tranquilidade, registou um prejuízo de 41,7 milhões de euros no ano passado. Os custos com a reestruturação deram o grande contributo negativo, mas a venda de imóveis também teve um peso relevante.

As perdas de 41,7 milhões obtidas em 2017 comparam com o prejuízo agregado de 53,3 milhões que as quatro companhias tiveram ...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Tranquilidade Seguradoras Unidas Açoreana Gustavo Guimarães Jan de Pooter
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias