Banca & Finanças Cortes no pessoal e na rede pesam nas contas da CGD de 2017
Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium Se já é assinante, faça LOGIN

Cortes no pessoal e na rede pesam nas contas da CGD de 2017

A Caixa Geral de Depósitos divulga sexta-feira os resultados do ano passado, penalizados pelos encargos com a redução de pessoal e fecho de operações internacionais. Lucros só são esperados em 2018.
Cortes no pessoal e na rede pesam nas contas da CGD de 2017
Tiago Sousa Dias/Correio da Manhã
Diogo Cavaleiro 31 de janeiro de 2018 às 23:09

O corte no pessoal e o fecho de operações internacionais, mesmo aqueles que ainda não foram concretizados, pesaram nas contas de 2017 da Caixa Geral de Depósitos (CGD). Foram os "swaps" de taxas de juro que deram, ao longo )

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub