Automóvel Costa assina hoje incentivos fiscais para investimento de 47,9 milhões da Renault Cacia

Costa assina hoje incentivos fiscais para investimento de 47,9 milhões da Renault Cacia

O primeiro-ministro António Costa desloca-se hoje à fábrica da Renault Cacia, em Aveiro, para a assinatura dos contratos relativos aos incentivos financeiros concedidos pelo Governo que permitirão um investimento de 47,9 milhões de euros naquela unidade.
Costa assina hoje incentivos fiscais para investimento de 47,9 milhões da Renault Cacia
Egídio Santos
Lusa 19 de julho de 2018 às 07:39

A 9 de Maio foi publicado em Diário da República o despacho segundo o qual a Renault Cacia se propõe a "realizar um projecto de investimento ao abrigo do Sistema de Incentivos à Inovação Empresarial e Empreendedorismo previsto no Regulamento Específico do Domínio da Competitividade e Internacionalização".

 

Tal projecto "visa o fabrico da nova caixa de velocidades, denominada JT4 e destinada a veículos eco-eficientes, bem como, de um conjunto de novos componentes para as caixas de velocidades denominadas TX26 e TX30" que integram "soluções para redução das emissões de dióxido de carbono".

 

O projecto visa a criação de dez novos postos de trabalho qualificados, podendo ainda "dar lugar à criação de um número superior a 1.250 de postos de trabalho indirectos", indica o despacho, assinado pelo ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e pelo secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias.

 

Quanto ao valor do investimento da Renault Cacia, "ascende a cerca de 47,9 milhões de euros", aponta o documento, adiantando que, devido a este projeto, a empresa prevê atingir em 2026 um volume de vendas e prestação de serviços de cerca de 3,428 mil milhões de euros e um valor acrescentado bruto de 591,6 milhões de euros, isto tendo em conta valores acumulados desde janeiro de 2015.

 

Segundo os governantes, a iniciativa em causa "apresenta um significativo grau de novidade e difusão no mercado nacional e internacional por integrar a fabricação de uma caixa de velocidades única no mercado automóvel mundial".

 

O executivo considerou que, "dado o seu impacto macroeconómico, o projecto reúne as condições necessárias à concessão de incentivos financeiros previstos para os grandes projectos de investimento".

 

Por isso, celebrou um Contrato de Investimento com a empresa através da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), que o coordenará.

 

A assinatura do contrato de investimento entre a AICEP e a Renault Cacia está marcada para hoje pelas 17:00.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI