Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Credit Suisse sobe estimativas para o preço do petróleo em 14%

O Credit Suisse reviu em alta as suas estimativas para os preços do petróleo, prevendo que no primeiro semestre de 2008, os preços do West Texas Intermediate (WTI), em Nove Iorque, se situem entre os 80 dólares por barril, face aos anteriores 70 dólares,

Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 14 de Dezembro de 2007 às 18:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Credit Suisse reviu em alta as suas estimativas para os preços do petróleo, prevendo que no primeiro semestre de 2008, os preços do West Texas Intermediate (WTI), em Nove Iorque, se situem entre os 80 dólares por barril, face aos anteriores 70 dólares, o que a levou a subir o preço-alvo para as acções da Galp de 17,50 euros para 18 euros.

Esta casa de investimento deixou inalterada a estimativa de 70 dólares por barril entre o segundo e o quarto trimestre de 2008, prevendo um valor de 72,50 dólares por barril para o final do próximo ano.

O Credit Suisse acrescenta, numa nota de research emitida hoje, que aumentou as suas estimativas, relativas ao quarto trimestre de 2007, de preços do WTI para 90 dólares o barril e do "Brent", do mar do Norte, para 88 dólares o barril, de forma a reflectir as valorizações recentes.

As quedas nos inventários de stocks, as contínuas tensões geopolíticas e a fraqueza do dólar levaram os preços do petróleo a fixarem recordes históricos sucessivos, no quarto trimestre de 2007, com o preço, em Nova Iorque, a rondar os 98 dólares por barril, em meados de Novembro.

"Para 2008, continuamos a prever um incremento temporário no fornecimento não-OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) que deve contribuir para o relaxar dos níveis actuais dos preços de crude", refere a nota de research.

Esta previsão levou o banco de investimento a melhorar o preço-alvo da Galp Energia de 17,50 para 18 euros.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias