Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Imagem dos CTT vai mudar. Perde o cavalo e ganha novas cores

Os CTT vão avançar com um novo posicionamento que passa por retirar o icónico cavalo para toda a comunicação comercial do grupo. Além disso, querem reforçar a aposta na venda de bilhetes para espetáculos nas suas lojas.

Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 17 de Fevereiro de 2020 às 15:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • 30
  • ...

No ano que celebram 500 anos, os CTT decidiram avançar com um novo posicionamento de marca que passa pela retirada do icónico cavalo do logótipo da empresa e a introdução de um conjunto de paletes de cores.

O objetivo desta mudança, cujos valores de investimento não foram divulgados, passa por mostrar que os CTT "são mais do que um operador postal", explicou o presidente da empresa, João Bento, numa conferência de imprensa que decorreu esta segunda-feira.

"Vimos de uma empresa que distribuía correio, e de vez em quando umas encomendas, para uma empresa que vai ser um operador logístico", acrescentou.

Na prática, o logótipo da empresa para a comunicação comercial deixa de ter o cavalo, imagem que se mantém, contudo, para a comunicação institucional da empresa e para os serviços da área de filatelia.

Com o novo posicionamento os CTT passam também a ter uma nova assinatura: "Os CTT são o operador de entrega total.

Todas estas mudanças vão traduzir-se também num reposicionamento da rede de lojas que além da nova imagem vão ter uma maior oferta na vertente digital – como balcões self-service-, ou, por exemplo, um reforço na aposta de venda de bilhetes para espetáculos. "Tendo em conta a capilaridade da rede de lojas dos CTT, é uma  área que tem potencial para ser expandida", comentou João Bento.

Esta expansão será feita através de parcerias. E apesar de o responsável sublinhar que não têm "nenhum preconceito em fazê-lo através da compra de empresas do setor", garantiu que neste momento essa hipótese não está em cima da mesa.

 

Ver comentários
Saber mais CTT Correios João Bento
Mais lidas
Outras Notícias