Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CTT: "Sempre demos acesso à nossa rede"

André Gorjão Costa, administrador dos CTT, sublinha que a empresa tem "bastante concorrência".

André Gorjão Costa, administrador dos CTT, fala dos desafios da regulação para o sector postal.
Pedro Elias/Negócios
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 29 de Setembro de 2016 às 11:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

Os CTT recusam que haja abuso de posição dominante no sector dos correios. André Gorjão Costa (na foto), administrador da empresa, reiterou que têm "bastante concorrência",  e no que toca ao segmento de encomendas têm rivais a nível "nacional e internacional".

 

O gestor, que falava durante o congresso anual da APDC que decorre esta quinta-feira, 29 de Setembro, frisou ainda que os CTT "competem contra empresas bastante grandes e capacitadas".

 

As declarações do administrador surgem no seguimento da acusação divulgada em Agosto pela Autoridade da Concorrência, de abuso de posição dominante por não terem aberto a sua rede de correio tradicional, impedindo a entrada ou expansão de outros operadores.

 

Uma decisão refutada pela empresa liderada por Francisco Lacerda: "Sempre demos acesso à nossa rede. A questão é como e de que forma", disse André Gorjão Costa.

 

"Temos uma oferta para concorrentes a qual não é discriminatória, ao contrário do que acontece em alguns mercados" internacionais. E "negociamos individualmente" com os interessados", sustentou.

 

"Criámos uma oferta de acesso que não é discriminatória", continuou. "Se a concorrência quer operar no mercado é bem-vinda. Agora devem também perceber a dinâmica do mercado". Mas considera que "vir concorrer só porque existe oportunidade de aproveitar alguns nichos de mercado" não é a concorrência estabelecida no quadro regulatório.

Ver comentários
Saber mais CTT André Gorjão Costa APDC Autoridade da Concorrência Francisco Lacerda
Mais lidas
Outras Notícias