Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Delphi encerra em Ponte de Sôr e deixa 430 pessoas sem emprego (act)

A administração da Delphi informou as diferentes estruturas sindicais que representam os trabalhadores da empresa que vai avançar para o despedimento colectivo dos 430 funcionários. A multinacional norte-americana encerra a 31 de Dezembro, noticia a RTP.

Negócios negocios@negocios.pt 27 de Outubro de 2009 às 17:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
A administração da Delphi informou as diferentes estruturas sindicais que representam os trabalhadores da empresa que vai avançar para o despedimento colectivo dos 430 funcionários. A multinacional norte-americana encerra a 31 de Dezembro, noticia a RTP.

A Delphi de Ponte de Sôr, a laborar há 29 anos, emprega 2,5 por cento da população do concelho de Portalegre.

Na passada sexta-feira os operários da fábrica de Ponte de Sôr aprovaram em plenário, por unanimidade, uma moção contra quaisquer reduções salariais ou perdas de regalias.

Delphi da Guarda vai despedir 300 trabalhadores a 31 de Dezembro

Já ontem a unidade da multinacional norte-americana Delphi na Guarda informou que vai abater 300 postos de trabalho a 31 de Dezembro, no quadro de um processo de despedimento colectivo que deverá atingir um total de 500 operários.

Contactada pelo site da RTP, Elisabete Henriques, porta-voz da multinacional norte-americana em Portugal, confirmou o abate, a 31 de Dezembro, dos primeiros 300 postos de trabalho "no âmbito do processo de despedimento colectivo em curso". As estruturas sindicais lembram que há mais 200 trabalhadores da fábrica de cablagens para o sector automóvel na calha para o despedimento no primeiro trimestre de 2010.

"A administração diz que o sector automóvel está em crise, a quebra de encomendas foi muito grande e foi isso que levou a administração a tomar esta posição", adiantou o dirigente do STIMM José Ambrósio, citado pela agência Lusa. A Delphi, indicou o sindicalista, tem agora "15 dias para informar os trabalhadores de que serão dispensados". Parte dos funcionários já terá manifestado vontade de integrar a lista de despedimentos.

Ver comentários
Outras Notícias