Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Desconto nas portagens por obras custa 450 milhões

Os encargos do Estado com a suspensão ou redução das portagens nos troços em obra das auto-estradas poderão ascender a 450 milhões de euros. Esta é uma estimativa da EP (Estradas de Portugal), citada pelo Tribunal de Contas na auditoria realizada às conce

Negócios negocios@negocios.pt 13 de Dezembro de 2005 às 08:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os encargos do Estado com a suspensão ou redução das portagens nos troços em obra das auto-estradas poderão ascender a 450 milhões de euros. Esta é uma estimativa da EP (Estradas de Portugal), citada pelo Tribunal de Contas na auditoria realizada às concessões em regime de PPP (parcerias público privados), noticiou hoje o Jornal de Negócios.

Segundo o Tribunal de Contas, para além dos encargos do Estado já assumidos contratualmente e os custos previsíveis resultantes das negociações em curso para o reequilíbrio das concessões, "perspectiva-se ainda, a favor das concessionárias, a suspensão ou redução das taxas de portagem em troços objecto de obra, isto tendo em vista compensar o utilizador pela redução da qualidade do serviço oferecido nesta via".

Outras Notícias