Banca & Finanças Deutsche Bank vai cortar 250 postos de trabalho

Deutsche Bank vai cortar 250 postos de trabalho

Deutsche Bank está a iniciar um novo plano de corte de postos de trabalho que poderá afectar 500 trabalhadores.
Deutsche Bank vai cortar 250 postos de trabalho
reuters
Negócios 19 de fevereiro de 2018 às 16:08

O maior banco alemão vai cortar 250 empregos nas várias unidades da banca de investimento. Uma medida que pretende manter o banco com os custos controlados.

 

O plano de cortes ainda está no início e segundo disse uma fonte interna do banco à Bloomberg, a redução pode chegar até aos 500 postos de trabalho.

 

A diminuição de empregos já teve lugar em alguns cargos de alta e média chefia, e incluem Marc Benton, o líder da banca de investimento no sector da energia europeu e também Evans Haji-Touma, o responsável pela unidade de dívida soberana e fundos de pensões públicos. Também a unidade de finanças de empresas para a Europa, Médio Oriente e África, sofreu alguns cortes.

 

O Deutsche Bank, com sede em Frankfurt, avança com estes cortes no sentido de melhorar as receitas e os retornos financeiros numa altura em que várias unidades da banca de investimento estão a sentir uma quebra na actividade.

 

Na divisão de corretagem as receitas caíram 27% no último trimestre, a área que mais problemas tem causado nas contas do maior banco alemão.

 

No final de 2017, o Deutsche Bank empregava 17.251 funcionários.