Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Deutsche Bank avalia EDP Renováveis um euro abaixo da OPS

O Deutsche Bank, uma das várias instituições que fez parte do sindicato de venda institucional da EDP Renováveis, iniciou a cobertura das acções da empresa liderada por Ana Maria Fernandes com um preço-alvo de 7,00 euros, um euro abaixo do valor a que as acções foram alienadas na oferta pública de subscrição (OPS).

Paulo Moutinho 12 de Agosto de 2008 às 09:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...
O Deutsche Bank, uma das várias instituições que fez parte do sindicato de venda institucional da EDP Renováveis, iniciou a cobertura das acções da empresa liderada por Ana Maria Fernandes com um preço-alvo de 7,00 euros, um euro abaixo do valor a que as acções foram alienadas na oferta pública de subscrição (OPS).

De acordo com a Bloomberg, a recomendação da analista Virgínia Sanz de Madrid para as acções da Renováveis é de “manter”, sendo que o “target” fixado, de 7,00 euros, confere aos títulos da subsidiária da EDP um potencial de valorização de 8,2%, face à cotação actual de 6,47 euros.

“A nossa avaliação tem por base o método dos ‘cash flows’ descontados” e “estamos já a avaliar os activos em construção e os projectos que devem estar operacionais em 2009-10”, refere o Deutsche Bank. “Isto dá-nos um valor da empresa de 8 mil milhões e um preço-alvo de 7,00 euros, depois de retirar-mos a dívida estimada para o final de 2008”.

Virgínia Sanz de Madrid acrescenta, na nota de início de cobertura, que a “gestão da Renováveis ainda tem de demonstrar a capacidade de entregar uma capacidade instalada anual de 1,4 gigawatts. No primeiro semestre vimos apenas 206 megawatts, mas a gestão permanece confiante em atingir o seu ‘target’”.

Apesar da baixa avaliação, os títulos da EDP Renováveis estão a subir ligeiramente (0,31%). Esta é a sexta sessão consecutiva de ganhos dos títulos da jovem cotada, mas as acções continuam distantes dos 8,00 euros a que foram colocadas em bolsa, no início de Junho, gerando menos-valias potenciais aos milhares de investidores que acorreram à oferta de acções.

A EDP Renováveis conta já com 11 avaliações de diferentes casas de investimento, sendo a do Detusche Bank, anunciada hoje, a mais baixa e a única abaixo do valor a que os títulos foram vendidos. Até agora, os “targets” mais reduzidos eram os atribuídos pela Merrill Lynch e pela Société Générale, de 8,00 euros.

Esta manhã, ainda antes da abertura do mercado, a EDP Renováveis recebeu a avaliação de mais um banco. O Banesto Bolsa iniciou a cobertura dos títulos, atribuindo-lhes um preço-alvo de 8,60 euros e uma recomendação de “overweight”, dado o potencial de subida das acções, superior a 30%.

“Acreditamos que a empresa vai conseguir cumprir com os seus objectivos de capacidade instalada”, refere José Brito Correia. O analista aponta como principais catalisadores para o título “uma antecipação das metas de capacidade instalada, uma redução da taxa de juro e uma subida dos preços da energia, que beneficiará os parques que estão sujeitos a taxa variável”.

A média dos “targets” da EDP Renováveis situa-se nos 8,36 euros. Dada a cotação actual dos títulos da empresa liderada por Ana Maria Fernandes, as acções apresentam um potencial de valorização médio de 29,1%, a doze meses.



Ver comentários
Outras Notícias