Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Deutsche Bank com prejuízos de seis mil milhões suspende dividendos por dois anos

O Deutsche Bank registou um prejuízo recorde, de 6,01 mil milhões de euros, nos três meses terminados em Setembro, devido essencialmente a imparidades e custos judiciais. E não vai pagar dividendos nos próximos dois anos.

Bloomberg
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 29 de Outubro de 2015 às 09:21
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

O Deutsche Bank terminou o terceiro trimestre com um prejuízo recorde de 6,01 mil milhões de euros, revelou o banco, citado pela imprensa internacional. Há um ano a instituição tinha registado um prejuízo de 94 milhões de euros.

 

A determinar este "resultado altamente desapontante", como qualificou o co-CEO John Cryan, esteve a contabilização de imparidades no valor total de 5,8 mil milhões de euros. Além disso, o banco teve também de contabilizar uma provisão de 1,2 mil milhões de euros relacionada com questões judiciais.

 

" As receitas foram impactadas pelas condições desafiantes de mercado, com taxas de juro persistentemente baixas e incerteza em torno da política de juros da Fed", sublinhou John Cryan.

 

Ainda na quarta-feira, 28 de Outubro, o banco revelou ainda que não vai pagar dividendos referentes a este ano nem ao próximo, num período em que o maior banco alemão está a implementar um plano de reestruturação, que inclui corte de custos, redução da dívida e dos activos considerados demasiado expostos a potenciais perdas. 

Ver comentários
Saber mais Deutsche Bank John Cryan banca dividendos prejuízos imparidades
Outras Notícias