Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Deutsche Bank reduz para 1,74% da Sonae SGPS

O Deutsche Bank reduziu a sua participação na «holding» de Belmiro de Azevedo, a Sonae SGPS para 1,74% do capital social, anunciou a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Paulo Moutinho 17 de Março de 2006 às 18:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Deutsche Bank reduziu a sua participação na «holding» de Belmiro de Azevedo, a Sonae SGPS para 1,74% do capital social, anunciou a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Segundo o comunicado, o Deutsche Bank «passou a deter uma percentagem inferior a 2% dos direitos de voto correspondentes ao capital social da Sonae SGPS», depois de ter «alienado fora do mercado, no dia 14 de Março de 2006», 7,4 milhões de acções representativas do capital social da «holding» de Belmiro de Azevedo.

Com esta alienação, o banco alemão, «em conjunto com entidades com as quais se encontra em relação de domínio ou de grupo» passou a deter 34,8 milhões de acções, representativas de 1,74% do capital social e 1,87% dos correspondentes direitos de voto, «tendo em conta que a Sonae SGPS detém, na presente data, 133,9 milhões de acções próprias.

Na semana passada, o Deutsche Bank tinha reforçado a sua participação para 2,03% do capital social e 2,17% dos correspondentes direitos de voto da Sonae SGPS, através da aquisição de 33,9 milhões de acções da referida sociedade.

Os títulos da Sonae SGPS [son] encerraram sem variação nos 1,35 euros.

Outras Notícias