Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dia vende menos 6% em Portugal no primeiro semestre

Cadeia Minipreço, do grupo espanhola Dia, reconhece melhoria no segundo trimestre em território nacional. Armazém em Torres Novas captou investimento de 22 milhões de euros.

Bloomberg
Isabel Aveiro ia@negocios.pt 28 de Julho de 2014 às 21:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O grupo espanhol Dia, que em Portugal é mais conhecido pela rede de supermercados Minipreço, registou vendas líquidas de 357,7 milhões de euros no primeiro semestre do ano em território português, o que compara com 380,4 milhões de euros um ano antes, e representa assim uma quebra homóloga de 6%.

 

Os dados de Portugal, que constam da apresentação de resultados que a cotada espanhola divulgou esta segunda-feira, dia 28 de Julho, em Madrid, dão conta de um decréscimo de Portugal no total das vendas do grupo Dia: era de 9,8% no final do primeiro semestre de 2013, passou para 9,4% um ano depois, em termos líquidos.

 

Em termos brutos (incluindo impostos) e agregando lojas próprias e franchising, a Dia Portugal vendeu 431,2 milhões de euros em Portugal entre Janeiro e Junho deste ano, uma queda de 5,5% face a igual período de 2013.

 

No comentário aos números apresentados esta segunda-feira, a administração da Distribuidora Internacional de Alimentación (Dia) adianta que "em Portugal", o grupo "melhorou substancialmente a taxa de vendas comparáveis durante o segundo trimestre de 2014, apesar das complicadas condições de mercado existentes".

 

Recorde-se que, a 8 de Maio passado, o grupo Dia deu conta de uma quebra de 7,6% das vendas líquidas no primeiro trimestre de ano em Portugal, para 171,4 milhões de euros.

 

Compra de armazém ascende a 12 milhões

 

O grupo dono da rede de supermercados "discount" Minipreço investiu, no semestre em análise, 22 milhões de euros numa nova área logística em Portugal, fica-se igualmente a saber nas contas apresentadas esta segunda-feira. O imóvel – um armazém em Torres Novas – "estava previamente arrendado", acrescenta a administração.

 

Assim, os 21,76 milhões de euros desembolsados, adianta o mesmo comunicado, pesaram na dívida do grupo, que totalizou, no final de Junho, 932,9 milhões de euros (mais 30,7%).   

 

O grupo Dia, negócio de "discount" que nasceu no grupo Carrefour e foi autonomizado há cerca de três anos, e disperso na praça de Madrid, registou vendas líquidas totais de 3,78 mil milhões de euros no primeiro semestre do ano, menos 2,6% do que em igual período de 2013.

Ver comentários
Saber mais Portugal Madrid grupo Dia Dia Portugal
Outras Notícias