Empresas Divórcio pode tornar MacKenzie Bezos a mulher mais rica do mundo

Divórcio pode tornar MacKenzie Bezos a mulher mais rica do mundo

O divórcio de MacKenzie Bezos do fundador da Amazon, Jeff Bezos, pode transformá-la na mulher mais rica do mundo.
Bloomberg 11 de janeiro de 2019 às 11:17

Atualmente, Françoise Bettencourt Meyers, neta do fundador da fabricante de cosméticos L’Oreal, é a mulher mais rica do mundo, com um património líquido de 45,6 mil milhões de dólares, segundo o Bloomberg Billionaires Index, um ranking das 500 pessoas mais ricas do mundo.

 

Nem os Bezos, nem a Amazon comentaram sobre a provável divisão dos ativos do casal, incluindo uma participação de 16% na empresa. Mas se não houver nenhum acordo que estipule o contrário, a riqueza do casal será certamente dividida de forma igual, segundo Karin Lundell, sócia do escritório de advocacia Rower, em Nova Iorque.

 

Com 137,2 mil milhões de dólares, Jeff é a pessoa mais rica do mundo, segundo o Bloomberg Billionaires Index; uma divisão em partes iguais faria de MacKenzie, uma escritora, a mulher mais rica, com cerca de 69 mil milhões de dólares. Mas mesmo que MacKenzie recebesse apenas 1% da fortuna entraria para o clube dos bilionários.

 

A maioria das 66 mulheres presentes no índice da Bloomberg conseguiu a sua fortuna após mortes ou divórcios. Na lista, há apenas seis mulheres que fizeram a sua própria fortuna, contra 313 homens.

 

Os Bezos anunciaram o rompimento através de um tweet assinado pelos dois cônjuges.

 

(Texto original: MacKenzie Bezos Could Become World's Richest Woman With Divorce)