Imobiliário Dono do Jumbo quer construir mais dois centros comerciais na grande Lisboa

Dono do Jumbo quer construir mais dois centros comerciais na grande Lisboa

A Immochan investiu 414 milhões para comprar e renovar três centros comerciais em Sintra e no Montijo. Mas a empresa francesa quer construir novos projectos de raiz na região de Lisboa.
Dono do Jumbo quer construir mais dois centros comerciais na grande Lisboa
Pedro Catarino/Correio da Manhã
André Cabrita-Mendes 14 de março de 2018 às 14:23

A empresa que detém os supermercados Jumbo concluiu a compra de três centros comerciais em Portugal: Fórum Montijo, Fórum Sintra e o Sintra Retail Park. 

Conforme avançou o Negócios em primeira mão em Janeiro, a Immochan investiu 411 milhões para comprar estes três activos ao fundo norte-americano Blackstone. A empresa já detém em Portugal os centros comerciais Alegro Alfragide e Alegro Setúbal.

A estes 411 milhões de euros é preciso acrescentar mais dois a três milhões que vão ser investidos nos próximos dois anos para "melhoramentos e reformulações" dos três espaços comerciais, revelou o director-geral da Immochan Portugal, Mário Costa.

Somente após a conclusão destes "melhoramentos e reformulações" é que a Immochan vai tomar uma decisão sobre se os centros comerciais passam a chamar-se Alegro ou se vão manter os seus nomes actuais.

"Comprámos estes activos com uma perspectiva de longo prazo. Não somos um fundo de investimento, nem somos uma entidade financeira", garantiu o responsável quando questionado se a Immochan comprou estes activos para os vender mais tarde.

Mas o braço imobiliário dos hipermercados Jumbo não quer ficar por aqui e quer continuar a investir em Portugal nos próximos cinco anos, mais concretamente na região da grande Lisboa.

"Temos no pipeline alguns novos desenvolvimentos de raíz. Falta fazer trabalho com as autarquias e entidades para desenvolver estes projectos", afirmou Mário Costa esta quarta-feira, 14 de Março, num encontro com jornalistas.

O líder da Immochan Portugal adiantou que irão ser "dois activos importantes na região de Lisboa". Estes projectos podem incluir, além do espaço comercial, escritórios e habitação. 

Vale a pena investir em novos centros comerciais?
Mas ainda há espaço para mais centros comerciais na grande Lisboa? A Immochan acredita que sim e aponta que é nesta região que estão concentrados 37% do PIB português e 29% do emprego total do país.

"Os indicadores económicos da região de Lisboa estão em crescimento já há vários anos. É uma cidade cada vez mais de destino para eventos internacionais. O turismo tem tido uma grande repercussão nos últimos. E as oportunidades de investimento, quer devido ao turismo, quer devido a uma nova projecção de Portugal no mundo, tornou-se um destino de investimentos bastante interessante", defendeu Mário Costa.

O gestor também explicou porque é que a Immochan decidiu apostar em três centros comerciais já em operação, pois o seu método de actuação habitual passa por construir projectos do zero.

Sobre o Forum Montijo, a empresa aponta que esta região vai assitir a um "crescimento do mercado imobiliário" derivado dos "efeitos migratórios devido ao desenvolvimento de Lisboa". A região localizada na margem sul do Tejo também vai crescer beneficiada pelo novo aeroporto de Lisboa, projectado para a base aérea do Montijo. A uma distância de 20 minutos do Forum Montijo, vivem mais de meio milhão de habitantes, destaca a Immochan.

Outras mais-valias destes activos são o tráfego de 19,5 milhões de visitantes anuais e o facto de terem uma taxa de ocupação actual de 99,5% nas suas lojas.

Em relação ao Forum Sintra e Sintra Retail Park, a empresa aponta que Sintra é "um dos municípios mais populosos do país", com mais de um milhão de habitantes a viverem a uma distância de 20 minutos destes dois espaços comerciais, que ficam localizados lado-a-lado.




pub