Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Edifer justifica despedimento colectivo com quebra nas encomendas

Quebra de 199 milhões nas encomendas leva despedimento de 200 trabalhadores

Lusa 18 de Setembro de 2012 às 17:22
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
A Edifer justificou hoje o despedimento colectivo de 200 trabalhadores com a quebra nas suas encomendas, que este ano já ascende a 199 milhões de euros, segundo fonte oficial da construtora.

"O processo de despedimento de 200 trabalhadores começou na sexta-feira. A razão é a necessidade de equilibrar a capacidade instalada em Portugal face à contracção no sector da construção", explicou à Lusa fonte oficial da Edifer.

A construtora tinha prevista para este ano obras em carteira avaliadas entre os 700 a 800 milhões de euros, mas destas 199 milhões de euros não se realizaram nem vão realizar, segundo aquela fonte, porque o investimento no sector está em contracção devido á recessão económica.

Ao todo a Edifer tem 1941 colaboradores, dos quais 936 são portugueses (e destes 133 trabalham fora do país). O despedimento colectivo da empresa abrange 200 daqueles 936 portugueses.

"O processo de despedimento já começou na sexta-feira passada, quando foi enviado um comunicado a informar os trabalhadores, e vai estar terminado até ao final de Dezembro", explicou aquela fonte da construtora.

O Sindicato da Construção de Portugal já pediu uma reunião com a construtora, para debater o despedimento, mas ainda aguarda a marcação de uma data para o encontro, segundo disse à Lusa o presidente do sindicato, Albano Ribeiro.

Ver comentários
Saber mais Edifer despedimento colectivo
Outras Notícias