Energia EDP assina acordo definitivo para vender actividade de distribuição de gás em Espanha

EDP assina acordo definitivo para vender actividade de distribuição de gás em Espanha

A EDP assinou na segunda-feira, 24 de Abril, um acordo definitivo para a venda de 100% do capital da sua subsidiária para a actividade de distribuição de gás em Espanha, a Naturgas Energía Distribuición.
EDP assina acordo definitivo para vender actividade de distribuição de gás em Espanha
Miguel Baltazar
Negócios 25 de abril de 2017 às 00:45

A EDP anunciou esta noite que assinou com o consórcio de investidores Nature Investments um acordo definitivo, no seguimento da oferta vinculativa formal aceite pela EDP, para a aquisição, por aquelas partes, de 100% do capital da sua subsidiária para a actividade de distribuição de gás em Espanha, a Naturgas Energía Distribuición.

 

"A White Summit Capital e a Covalis Capital coordenaram o consórcio e continuam a fornecer serviços de assessoria", explicou a EDP em comunicado divulgado junto da CMVM.

 

A conclusão da transacção proposta está sujeita às habituais aprovações regulatórias e estima-se que ocorra no final do segundo trimestre ou início do terceiro trimestre de 2017, acrescenta o mesmo documento.

 

O consórcio de investidores institucionais é assessorado pela J.P. Morgan Asset Management, pelo Abu Dhabi Investment Council, pelo Swiss Life Asset Managers e pela Covalis Capital.

 

No passado dia 27 de Março tinha já sido anunciado este acordo, com a EDP a fechar a venda da gasista espanhola. "A oferta vinculativa, totalmente financiada, foi apresentada por parte de um consórcio de investidores composto, entre outros, por investidores institucionais (…). A oferta foi submetida pela Nature Investments, veículo instrumental criado pelo consórcio composto pela Covalis Capital e pela White Summit Capital", referia o comunicado de 27 de Março.

 

O valor da venda foi de 2,59 mil milhões de euros e o dinheiro vai servir para financiar a OPA sobre a EDP Renováveis e para reduzir dívida.

 

A Naturgas Energía Distribución dispõe de mais de um milhão de pontos de abastecimento de gás natural e gás propano liquefeito no País Basco, Cantábria e Astúrias. 

Apesar da venda do activo, a energética portuguesa vai continuar com um pé bem assente no mercado espanhol, incluindo no gás. "Esta transacção não inclui as actividades de comercialização de gás, não tendo qualquer impacto na relação da EDP com os seus clientes", disse a empresa em comunicado enviado à CMVM no dia 29 de Março.

 

Além disso, à semelhança de Portugal, a EDP também produz electricidade em Espanha. No total, a EDP conta com uma capacidade instalada de 3.742 megawatts (MW) em Espanha.

 

A EDP não se ficou por aqui, tendo ainda vendido a EDP Gás Distribuição à REN (que anunciou a realização de um aumento de capital de 250 milhões de euros para financiar a aquisição), por 532,4 milhões de euros. 

 

Em relação às vendas da Portgas e da Naturgas, o presidente da EDP destacou na passada quarta-feira – após a  assembleia-geral de accionistas da eléctrica nacional – que a "reacção do mercado demonstra bem aquilo que é a qualidade destes movimentos e a qualidade das operações subjacentes". "Acho que os comparáveis dão mérito a estas decisões", disse em relação aos mais de três mil milhões de euros encaixados com a venda destes activos.

 

Por seu turno, Eduardo Catroga, chairman da EDP, sublinhou que os negócios implicam a venda "de rede, de infra-estrutura, de tubagem, não é a venda do negócio". "Continuamos a ter o negócio do gás em Espanha e em Portugal e a oferecer aos clientes uma oferta dual de electricidade e de gás", disse.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI