Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP Brasil compra 14,5% da Celesc por 60 milhões. E quer mais

A EDP Brasil, subsidiária a 51% da EDP – Energias de Portugal, anunciou a aquisição de 14,45% da Celesc e diz que lançará uma oferta para chegar aos 33,6% do capital da eléctrica brasileira.

Bloomberg
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 21 de Março de 2018 às 22:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A EDP – Energias do Brasil (EDPB), detida em 51% pela EDP, anunciou esta quarta-feira que, no seguimento do comunicado de 19 de Dezembro passado, concluiu a aquisição, à Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil – Previ, de 33,1% das acções ordinárias e 1,9% das acções preferenciais da Centrais Elétricas de Santa Catarina – Celesc.

 

Este conjunto de acções corresponde a 14,46% do total das acções da Celesc, sublinha o comunicado divulgado na Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM) pela empresa liderada por António Mexia.

 

O preço da operação foi de 244 milhões de reais (60,2 milhões de euros), refere o mesmo documento.

 

A operação, como referido, tinha sido anunciada no passado 19 de Dezembro, sendo que nessa altura se falava num valor de aquisição de 230 milhões de reais (59,2 milhões de euros).

 

A conclusão da operação estava sujeita à verificação de determinadas condições e aprovações habituais neste tipo de operação e foi então agora concluída. E a empresa quer mais.

 

Com efeito, a EDPB sublinha que, no seguimento desta transacção, "está em vias de obter autorização para a realização de uma oferta pública de aquisição voluntária para até 32% das acções preferenciais da Celesc".

 

A operação, a avançar, contempla um preço de 27 reais (6,66 euros) por acção, correspondendo a oferta a um montante total potencial de 199 milhões de reais (49,09 milhões de euros) e a 19,1% do total das acções da eléctrica brasileira, destaca o comunicado.

 

Caso a oferta atinja todo o seu potencial, "a EDPB passará a deter uma participação de 33,6% do capital da Celesc, reforçando assim o seu foco nas redes reguladas, não só no segmento da distribuição, mas também na transmissão, segmento onde está a desenvolver várias linhas, uma das quais em parceria com a Celesc", acrescenta.

 

A Celesc actua nas áreas de distribuição, geração e transmissão de energia eléctrica, sendo a principal empresa do sector eléctrico no Estado de Santa Catarina, além de operar no sector de distribuição de gás natural.

 

A Celesc Distribuição, subsidiária da Celesc, distribui energia a mais de 2,8 milhões de consumidores em 264 municípios de Santa Catarina e 1 no Paraná. 

A EDP encerrou a sessão desta quarta-feira a somar 0,23% para 3 euros por acção.

Ver comentários
Saber mais EDP Brasil EDPB Paraná Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil Centrais Elétricas de Santa Catarina António Mexia Estado de Santa Catarina Celesc Distribuição energia
Outras Notícias