Empresas EDP suspende página no Facebook após polémica

EDP suspende página no Facebook após polémica

A EDP decidiu suspender a sua página do Facebook por considerar que esta "deixou de cumprir os requisitos para a qual foi lançada". Em causa está uma polémica criada há cerca de duas semanas e que levou a empresa a apagar comentários que não respeitavam o código de conduta.
Negócios 28 de outubro de 2011 às 15:08
Há cerca de duas semanas uma cliente da EDP colocou um post na página do Facebook da EDP que dizia: “Eu não pedi um plano nacional de barragens!”. Poucos minutos depois, os administradores da página escreveram que eram "obrigados a eliminar o post." A razão era o facto de o comentário da utilizadora não respeitar o seu código de conduta, que rejeita comentários de "spam" e difamações ou injúrias (na foto).

Alegadamente, esta decisão da EDP foi o culminar de uma troca de acusações da já citada “amiga” da página do Facebook da eléctrica portuguesa. No entanto, conhecendo ou não toda a história, os já “amigos” e outros que se juntaram à página formaram uma onda de comentários na página da EDP no Facebook.

De tal maneira que a empresa decidiu alterar a privacidade da sua página e bloquear a publicação de comentários de utilizadores na sua página desta rede social. E passados uns dias, a eléctrica decidiu “suspender mesmo a página”.

“A abertura da página da EDP no Facebook teve como objectivo desde o primeiro momento criar um espaço de diálogo construtivo e informativo junto da nossa comunidade, permitindo uma proximidade entre a comunidade e a EDP cada vez maior”, adiantou fonte oficial da empresa em declarações ao Negócios.

No entanto, após análise, “na última semana, a página deixou de cumprir os requisitos para a qual foi lançada pelo que decidimos a sua suspensão temporária para reavaliamos a nossa estratégia nas redes sociais, nomeadamente com a introdução de novas ferramentas”, referiu fonte oficial da empresa ao “Meios e Publicidade”.

A página da EDP no Facebook contava com cerca de 23 mil seguidores e a eléctrica assegura que apesar de ter suspenso a página no Facebook vai manter “activo o email redes.sociais@edp.pt para que nos possa encaminhar as suas sugestões criticas e opiniões”, adiantou fonte oficial da EDP.

(Actualiza com mais informação e declarações da EDP ao Negócios)