Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP Renováveis obtém lucros de 26,6 milhões no primeiro trimestre

A EDP Renováveis, empresa que está a preparar a dispersão de capital em bolsa, obteve um resultado líquido de 26,6 milhões de euros no primeiro trimestre de 2008.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 06 de Maio de 2008 às 08:18
  • Partilhar artigo
  • ...

A EDP Renováveis, empresa que está a preparar a dispersão de capital em bolsa, obteve um resultado líquido de 26,6 milhões de euros no primeiro trimestre de 2008.

Em comunicado a empresa adianta que em 2007, a gerou 319 milhões de euros de margem bruta e 230 milhões de euros de EBITDA com uma margem EBITDA de 72%. Os lucros em 2007 foram de 4 milhões de euros.

Quanto ao primeiro trimestre, a margem bruta gerada alcançou os 155,5 milhões de euros e o EBITDA foi de 125,5 milhões, este último indicador mais de metade do conseguido em todo o ano 2007.

"Em termos de margem EBITDA, a EDPR alcançou margens superiores em todos os países em que opera, permitindo uma margem EBITDA ao nível do consolidado de 81%", refere um comunicado da empresa.

As receitas, no primeiro trimestre, totalizaram 156,6 milhões de euros, quase metade do valor pró-forma de 338,8 milhões de euros da totalidade do ano 2007.

"A EDPR está bem posicionada para entregar o crescimento futuro e alcançar os objectivos através de uma carteira de projectos de 26 GW: Em média 1,4 GW serão instalados por ano entre 2008-2012", refere a empresa em comunicado.

No primeiro trimestre deste ano o investimento operacional da EDP Renováveis atingiu 396,6 milhões de euros, abaixo dos 1.721,1 milhões de 2007. A dívida líquida subiu de 2,41 para 2,62 mil milhões de euros.

Espanha é o principal mercado da EDP Renováveis, com o EBITDA neste país a atingir 62,4 milhões de euros. Em Portugal o EBITDA foi de 23,8 milhões de euros e nos EUA 35,4 milhões de euros.

Além da Península Ibéria e EUA, a EDP Renováveis está presente na França, Bélgica e Polónia.

Ver comentários
Outras Notícias