Energia EDP Renováveis produziu mais 30% de electricidade no primeiro trimestre

EDP Renováveis produziu mais 30% de electricidade no primeiro trimestre

Mais centrais eólicas e mais vento levaram a energética a produzir mais energia verde. A companhia está actualmente a construir novas centrais no Texas e no México.
EDP Renováveis produziu mais 30% de electricidade no primeiro trimestre
André Cabrita-Mendes 20 de abril de 2016 às 17:56
A EDP Renováveis produziu mais 30% de energia verde nos três primeiros meses deste ano face a 2015. O vento soprou mais neste trimestre e contribuiu assim para este crescimento. A ajudar também esteve a entrada em operação de novas centrais ao longo do último ano.

A energética liderada por João Manso Neto (na foto) produziu assim um total de 7,5 terawatts hora (TWh), com a maioria da produção a dividir-se entre a Europa (50%) e a América do Norte (49%) anunciou a empresa esta quarta-feira, 20 de Abril.

Na Europa, a produção cresceu 29% para 3,8 TWh devido à consolidação dos activos do consórcio éolico português (Eneop), o crescimento de 11% em Espanha e de 17% nos países do Resto da Europa.

Já na América do Norte, a geração creceu 32% para 3,7 TWh, o que se deve à entrada em operação de novas centrais e o aumento do recurso eólico, isto é, o vento soprou mais. No Brasil, a produção da EDP Renováveis subiu 19% devido ao maior recurso eólico.

Olhando para o factor de utilização, a quantidade de tempo que uma central funciona ao longo do ano, este cresceu quatro pontos percentuais para os 38%.

Na Europa, o factor de utilização cresceu dois pontos para os 35%, enquanto na América do Norte subiu seis pontos para os 40%. Já no Brasil, cresceu cinco pontos para 30%.

A EDP Renováveis gere um portefólio de 9,7 gigawatts em 10 países. A Europa tem um total de 5,1 gigawatts, incluindo 2,4 GW em Espanha, 1,5 GW no Resto da Europa e 1,2 GW em Portugal. A América do Norte conta com 4,4 GW e o Brasil com 0,2 GW.

A EDP Renováveis acrescentou um total de 0,7 GW ao seu portefólio ao longo dos últimos 12 meses, incluindo três novos parques eólicos nos Estados Unidos e um no Brasil.

Actualmente, tem em construção 450 MW na América do Norte, incluindo 250 MW no Texas (Estados Unidos) e 200 MW no México, no que vai ser o primeiro parque eólico da companhia no país. Na Europa, estão em construção 24 MW em França e 2 MW em Portugal.

A EDP Renováveis fechou 2015 com um resultado líquido de 167 milhões de euros, mais 32% do que no período homólogo. O EBITDA subiu 26% para 1.142 milhões de euros e as receitas aumentaram 21% para 1.547 milhões de euros.

As acções da EDP Renováveis terminaram a sessão desta quarta-feira a valorizar 1,32% para 6,75 euros.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI